E assim arranca a época de reprodução 2011…

Este ano, ao contrário dos outros, as minha aves manifestaram cio “demasiado cedo”. Sim digo demasiado cedo, porque este “adiantamento” pode trazer graves consequências. Todos os anos ouço criadores a queixarem-se sempre dos mesmos problemas, ovos brancos…ovos encravados, por aí. Não é de estranhar pois a pressa é a nossa maior inimiga e a ansiedade que muitas vezes nos domina é a principal responsável.

Assim já tenho o primeiro Bengalim da Índia, dando início a mais um novo ciclo. Os meus conhecimentos maturaram e este ano tenciono colmatar as falhas do ano passado e melhorar o nível das minhas aves. Contudo a minha aposta este ano não se centrará nos Bicos-de-Lacre, mas sim nos Faces Laranja. No ano passado apenas uma cria sobreviveu. Gostaria imenso de apresentar em Almeria, os meus primeiros Faces Laranja em concurso.

Este ano vou também começar com os Caudas de Vinagre, mas não me vou deixar levar por falsas expectativas, pois apesar de ser um criador completamente conhecedor de “bicos-de-lacre” e isso representar muitos trunfos ao nível da reprodução dos outros estrildas, prefiro esperar para ver.

Ao fim de quase 14 anos de experiência na criação de Bicos-de-Lacre, decidi avançar com uma fórmula de sementes direccionadas apenas a estas aves. Posso dizer uma coisa, é a primeira gama de sementes direccionadas para aves do género Estrilda. Quanto à fórmula não vou divulgar, pois em tudo existe interesse económico. Existem inúmeras gamas de sementes para exóticos… mas 90% para exóticos australianos. Os meus que são africanos têm outras necessidades e necessidades essas que deviam ser complementadas aos restantes. Existem sementes que se aproximam, mas não chegam. Fica mais caro, mas nada como optar por adquirir sementes limpas e calibradas à parte e juntar de acordo as necessidade das aves. Posso dizer que o segredo de tudo está na observação das aves na natureza.

Neste momento também já tenho o primeiro casal de bicos-de-lacre com ovos. Vamos ver como tudo corre. Peço desculpa por levantar assuntos até interessantes e acabar por não os responder… mas um dia prometo que o farei e no mais completo artigo sobre Bicos-de-Lacre que um dia já se escreveu. Mas se eu cheguei lá, qualquer um pode… só depende da paixão que se tem por estas aves.

About Fernando Domingues

Criador de aves desde os 14 anos.

Posted on 14/03/2011, in Sem categorias. Bookmark the permalink. 1 Comentário.

  1. boa noite.

    Antes de mais queria felicitar-te pelo titulo mundial.
    Sou criador de várias especies.
    Mas depois de ver a tua noticia, despertou em mim a criacao de bicos de lacre em cativeiro, pois no meu viveiro geral tenho aproximadamente 12. nao sei eh que tipo de vegetacao natural devo colocar num canto do viveiro. é aconselhavel, nao é?

    Aguardo resposta

    Abraco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: